EMPREGO: Vila Galé não cumpre com os 60% de mão-de-obra local


Tratado como a salvação da lavoura para a geração de emprego e renda no município, a construção do Vila Galé Resort recebeu todas as isenções possíveis pela Prefeitura de Touros, ficando acordado que 60% da mão-de-obra empregada na construção seria preenchida pela população local.

Já passados alguns meses do início das obras, o fato é que este acordo não vem sendo cumprido pela construtora responsável e nem pela Prefeitura de Touros que tem competência pra fiscalizar o canteiro de obras.

Muitos trabalhadores de Touros, desempregados da construção civil mandaram currículo para a Prefeitura intermediar na contratação de quase mil postos de trabalho, mas até agora nada. 

Pelo visto a atual gestão de Assis não anda preocupada em gerar emprego para o povo de Touros ou não quer ver o sucesso de um projeto iniciado na gestão do ex-Prefeito Ney Leite.

Esperamos que as autoridades façam alguma coisa enquanto é tempo, pois estamos perdendo postos de trabalho para gente de fora.

Da redação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s